500 days of summer

Ok. Para começar o blog, escolhi um filme que nem é tão mulherzinha assim… Na verdade, não é mulherzinha, mesmo. Basta ter um bom olhar crítico para cinema para se encantar com ele. Foi, sem dúvida alguma, o melhor filme que vi esse ano.

Prefiro chamá-lo pelo seu nome original, “500 days of summer“, principalmente pelo seu significado. Summer (Zooey Deschanel) é o nome da garota pela qual Tom Hansen (Joseph Gordon-Levitt) se apaixona loucamente no trabalho. Ela é a nova assistente de seu chefe e no momento em que são apresentados, Tom se encanta de primeira. Aos poucos, descobre que tem várias afinidades com a garota e faz questão de as enfatizar. Porém, Summer  logo revela não acreditar no “feliz para sempre” e, tirar essa ideia da cabeça dela passa a ser o maior desafio para Tom poder conquistá-la.

Vale a pena cada minuto do filme.